domingo, 27 de maio de 2007

Dia 14 - Luxemburgo - 13/05/2007

Luxemburgo foi o país que melhor conheci, já que suas proporções são minúsculas em comparação aos demais países e tive a felicidade de ter amigos no país para me mostrar tudo.

Após visitar as parreiras dos famosos vinhos de Luxemburgo - sim, os vinhos dessa região são bastante apreciados na Europa - fomos a casa dos pais do Tom em Nospelt. É como estar em um condominio fechado, com ninguém andando pelas ruas. É incrível o sossego. Vale lembrar que estou falando de cidades entre mil e três mil habitantes!

Em Nospelt existe uma festa anual que tem como símbolo uma galinha de cerâmica que apita. Claro que ganhei uma como souvenir desse passeio.

A confusão de idiomas na casa do Tom foi maior ainda. Alem de Luxemburguês, Alemão e Francês, estavamos também utilizando o Inglês e Português. Estávamos em 6 pessoas e utilizavamos 5 idiomas! Isso sem contar o gato e seus miados. Nesse momento, com a cabeça já doendo, eu começava uma frase em inglês, com palavras em alemão no meio e terminava no belo português. Apesar de tudo, todos nos entendíamos. Até o gato.

Fomos ao castelo de Viandem, principal ponto turístico do país. No caminho, em dado momento, estávamos em Luxemburgo, na fronteira com a Alemanha e com a França. Eu podia ver três países ao mesmo tempo.

Na volta do passeio, enfrentamos uma chuva de granizo como nunca vi antes. Normalmente vemos temporais com bastante água e um pouco de granizo, lá foi o contrário, muito, muito granizo com um pouco de água. No final, era como se tivesse nevado.

Posso dizer com total certeza que foi a parte de minha viagem com mais calor, mas calor humano, pois estava entre amigos e tive um tratamento inesquecível. Valeu Rô e Tom por tudo e espero vocês no Brasil.

Ah, a Rô está com problemas para encontrar arroz, feijao e panela de pressão. Quem for para a Europa, favor levar uma panela para ela.

2 comentários:

rfelipe disse...

Ale

Nós adoramos a sua visita.
Esperamos voce no próximo ano.
Eu prometo faz a visita guiada em frances,ok

boa viagem !!
bjs

Alessandro disse...

Oi Rô, já estou de volta ao Brasil.

Olha que eu nem contei no blog que foi o Tom que lavou minha roupa...

Descobri onde você pode comprar os seus mantimentos brasileiros básicos. Dá uma passada em Bruxelas que tem de tudo, até arroz e feijão Camil.